terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

AVAAZ RETIRA PETIÇÃO EM FAVOR DE SILAS MALAFAIA


AVAAZ retira petição em favor de Silas Malafaia

malafaia avaz 150x150 AVAAZ retira petição em favor de Silas MalafaiaO pastor Silas Malafaia foi surpreendido nesta segunda-feira (18) ao ver que a petição on-line em seu favor foi retirada do site da AVAAZ sendo que a petição que pede sua cassação no Conselho Federal de Psicologia ganhou destaque.
O abaixo-assinado promovido pelo líder da Associação Vitória em Cristo era uma resposta aos ativistas do movimento homossexual que pediram que o CFP retire seu registro como psicólogo por suas afirmações dadas no programa “De Frente com Gabi”.
Mais de 60 mil pessoas já haviam assinado a petição que foi tirada do ar pelo site sem nenhuma justificativa. Quem entra no site pelo link passado anteriormente pode ser levado a votar contra o pastor.
Na matéria de resposta o pastor Silas Malafaia comenta o caso e afirma que está aguardando explicações do site. Leia:
ALERTA SOBRE O SITE AVAAZ; MANIPULAÇÃO INESCRUPULOSA!
Quando os ativistas gays colocaram no site Avaaz pedindo assinaturas pela minha cassação, o site colocou na primeira página, dando amplo espaço.
Quando foi colocado o abaixo assinado pela minha NÃO CASSAÇÃO, depois que o número a meu favor ultrapassou em mais de 10.000 assinaturas – 65.000 a meu favor e 55.000 contra – de maneira inexplicável, nesta segunda-feira, foi retirada do ar a petição online em meu favor.
CUIDADO AO ENTRAR NO SITE E NÃO VOTAR CONTRA MIM!
Estou aguardando explicações a fim de tomar medidas cabíveis para que a justiça prevaleça.

Silas Malafaia processará o Avaaz
O pastor Silas Malafaia processará o Avaaz, site no qual são publicados abaixo-assinados como o que pede a renúncia do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL). Circula no Avaaz uma moção contra Malafaia. Chama-se “Pela cassação do registro de psicólogo do sr. Silas Lima Malafaia”. Logo depois que essa moção começou a ser assinada, um fiel do pastor montou uma moção semelhante, mas de apoio a Malafaia. Esta última foi retirada do ar ontem.
Malafaia se revoltou: “Printei tudo e passei para meu advogado. Vou para o pau contra o Avaaz. Vou processar eles sem pena”. O pastor relatou a origem da crise com o site de abaixo-assinados. Diz ele: “No último dia 9, um evangélico iniciou uma moção em meu apoio. O abaixo-assinado pedindo a cassação do meu registro tinha 55 mil assinaturas. O a meu favor passou. Estava com 65 mil. Ainda há pouco, o Avaaz mandou um e-mail para o evangélico dizendo que ia tirar a moção dele do ar, porque não era do interesse deles. Ora, depois de dez dias de exposição negativa da minha imagem e só quando é ultrapassado pelos que são a meu favor?”.
Malafaia também processa a revista Forbes, que lhe atribuiu um patrimônio de US$ 150 milhões. Ele diz que é de US$ 6 milhões. A diferença é que ele pretende processar a Forbes nos Estados Unidos. O Avaaz será acionado no Brasil, diz o líder evangélico.
Fonte: Portal Padom