terça-feira, 31 de maio de 2011

ANA E A CONFIANÇA EM DEUS


                          
                    ANA E A CONFIANÇA EM DEUS

Por  Moises Jacob

“E votou um voto, dizendo: Senhor dos exércitos! Se benignamente atentares para a aflição da tua serva, e de mim te lembrares, e da tua serva te não de esqueceres, mas à tua serva deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida, e sobre a sua cabeça não passará navalha.” I Samuel 1:11

              Todos os anos Elcana subia da sua cidade com as suas duas mulheres Ana e a outra Penina esta tinha filhos, Ana não, e iam até Siló  para adorar e sacrificar a Deus. Ana é um exemplo de mulher de oração e fé em Deus, podemos imaginar o sofrimento que esta mulher passava diante da sua oponente por ela não poder  ter filhos, “porque o senhor tinha lhe cerrado a madre” isto é, ela era estéril, mas Ana não se dava por vencida, tinha confiança que algum dia Deus ia olhar para ela e ver todo sofrimento e angustia do seu coração.   
           Ana naqueles dias estava angustiada, fadigada, amargurada de alma, porém ela foi orar aos pés do Senhor e confessar todas as suas angustias e sofrimentos a ponto de ser confundida com uma bêbada, já não tinha mais palavras e sim choro, lagrimas, sofrimentos, não decretou sua vitoria, não exigiu um filho, ela apenas fez um voto: “mas a tua serva deres um filho varão, ao Senhor o darei por todos os dias da sua vida” quando leio esta historia de luta, fé e amor a Deus; pergunto-me, o que leva uma mãe desejar tanto um filho, sofrer e ser maltratada e ao mesmo tempo abrir mão dele, para doar a Deus?  Não há outra explicação, ela confiava plenamente em Deus e sabia que Deus lhe concederia não só um filho, mais outros além dele, porque aquele que viria não era seu, era de Deus, Samuel nasceu e foi trazido para servir ao Senhor, perante o sacerdote Eli. Ana no seu cântico ao Senhor disse: “O Senhor empobrece e enriquece; abaixa e também exalta. Levanta o pobre do pó e, desde o esterco, exalta o necessitado, para o fazer assentar entre os príncipes, para o fazer herdar o trono de glória; porque do Senhor são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo” I SM 2:7e8 não é fácil fazer como Ana, confiar no que vermos é muito fácil, agora confiar no que não enxergamos é algo muito difícil, o que devemos aprender é confiar plenamente no Senhor, depositar nele a nossa confiança, ansiedade, dificuldades e saber que ele estará atento a nossa aflição e sofrimento. O resultado da fé e fidelidade de Ana, Samuel foi profeta, sacerdote, e o ultimo juiz a legislar em Israel.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

ASSINE O ABAIXO-ASSINADO CONTRA O PL122!

A Igreja em Ação - URGENTE‏

 (sábado) o Pr. Silas Malafaia convocou todos os brasileiros que prezam pela familia e pela Palavra de Deus, a se unirem num abaixo assinado contra o PL122, que criminaliza todos os que não concordam com praticas homosseuxais.
Precisamos dar a nossa contribuição. 
Acesse: twiter.com/soucontraopl122, ou o site www.vitoriaemcristo.org.br, para assinar, envie emails aos seus amigos e vamos disseminar esse abaixo assinado.
Dia 01/06/0211 às 15hs. em Brasilia, de frente o Congresso Nacional, haverá uma manifestação pacífica contra esse projeto de lei. 

Para assinar simplesmente clique Aqui  e exerça sua cidadania como um Cristão que preza pela Família!

NÃO SE OMITA DESSE DEVER: PARTICIPE!!! 
FONTE:AMIGO DE CRISTO

domingo, 29 de maio de 2011

MANIFESTAÇÃO CONTRA PL 122 EM BRASÍLIA


Manifestação contra PL 122 em Brasília
O pastor Silas Malafaia está mobilizando a sociedade para uma manifestação pacífica contra o PL 122, projeto de lei desarquivado pela senadora Marta Suplicy que criminaliza qualquer ação, opinião ou crítica que venha a ser interpretada como discriminação ou preconceito quanto ao homossexualismo no Brasil. Tal proposta fere a liberdade religiosa e de expressão, direitos garantidos pela Constituição brasileira, expressas no artigo 5º, incisos 4, 6, 8 e 9. Por isso, no dia 1º de junho, às 15h, ele pretende reunir cerca de 30 mil pessoas em frente ao Congresso Nacional em Brasília para protestar contra esse projeto.

Na ocasião, o pastor Silas Malafaia vai protocolar no Senado umabaixo-assinado contra o PL 122
FONTE: VITÓRIA EM CRISTO

sábado, 28 de maio de 2011

LIÇÃO 9 - A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL - 2º TRIMESTRE 2011


SUBSÍDIO PARA A LIÇÃO Nº 9 - A PUREZA DO MOVIMENTO PENTECOSTAL
RAMIFICAÇÕES DO MODERNO MOVIMENTO PENTECOSTAL

Por
César Moisés Carvalho

Em toda a história, Deus sempre levantou pessoas que se dispuseram a ser instrumentos usados por Ele (At 13.2-5). Por isso, conheceremos um pouco sobre alguns abnegados servos do Senhor que foram, em determinadas épocas, usados pelo Todo-Poderoso para que a chama do Pentecostes continuasse a arder nos corações e a Igreja pudesse cumprir a sua missão (Mt 28.19,20). Veremos ainda como surgiu o chamado “Moderno Movimento Pentecostal” nos Estados Unidos, sua posterior implantação no território brasileiro e constataremos ter sido esta uma bênção de Deus para a nossa nação. Aprenderemos que, diferente do que se pensa, o que aconteceu nos Estados Unidos foi a deflagração do chamado “Moderno Movimento Pentecostal”. O Movimento Pentecostal ou o Pentecostalismo, desde a experiência de Atos 2, nunca se extinguiu.


AS ORIGENS DO MODERNO MOVIMENTO PENTECOSTAL


Charles Parham, Topeka

Enquanto grandes avivamentos estavam ocorrendo na Europa e no mundo, Deus levantou Charles Fox Parham, pastor de uma Igreja Metodista para que fundasse uma Escola Bíblica, onde ocorreu, no dia 1º de janeiro de 1901, a primeira experiência pentecostal do século 20 nos Estados Unidos. O avivamento iniciado ali se espalhou por todo o país.  Em 1905, Parham mudou-se para Huston, no Texas. Ali, em outro empreendimento para formar evangelistas-missionários, teve como um de seus alunos William Seymour.

Willian Seymour, Los Angeles

Segundo os historiadores, a igreja que se reunia em um galpão na Rua Azusa 312, em Los Angeles, Califórnia, dirigida pelo pastor Willian Joseph Seymour, é considerada o centro irradiador do avivamento que se espalhou para outras cidades americanas e muitas nações. O pastor Willian não tinha grande eloquência, todavia em seu coração ardia a chama pentecostal, o que levou a igreja a experimentar um rápido crescimento. Os cultos, realizados três vezes por dia, eram marcados por curas, milagres, batismos com o Espírito Santo e abundante manifestação dos dons espirituais (1 Co 12.1-11). O avivamento ocorrido ali tem sido considerado como um dos maiores do século passado, e é denominado de pentecostalismo clássico.



Willian Durham, Chicago
 O avivamento pentecostal também chegou a Chicago que se tornou o centro irradiador do Movimento Pentecostal para a grande maioria das cidades e igrejas americanas que aceitaram a mensagem pentecostal. Um dos “focos” desse avivamento em Chicago foi a Igreja Missão da Avenida Norte, liderada pelo pastor William H. Durham. Devido a igreja em Chicago possuir pessoas de várias nacionalidades, foi justamente de seu despertamento que saíram, em 1910, os suecos Gunnar Vingren e Daniel Berg, fundadores da Assembleia de Deus no Brasil, e o italiano Luigi Franscescon, fundador da Congregação Cristã no Brasil.


O MOVIMENTO PENTECOSTAL NO BRASIL


Primeira Onda – Pentecostalismo Clássico

Segundo classificação sociológica, o Movimento Pentecostal em nosso país é dividido em três categorias, sendo que a Congregação Cristã no Brasil, fundada em 1910 e a Assembleia de Deus, iniciada em 1911, representam o chamado Pentecostalismo Clássico. O destaque da pregação dos missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren era, sem dúvida, o batismo com o Espírito Santo. Contudo, é também reconhecido que a estrutura da mensagem dos dois suecos continha a integralidade do evangelho: “Jesus Cristo salva, cura, batiza com o Espírito Santo e em breve voltará”.
Segunda Onda – Pentecostalismo Neoclássico
Também denominada de deuteropentecostalismo, a chamada segunda onda, mais conhecida como Pentecostalismo Neoclássico, inicia-se nos anos 1950 e vai até 1975. O enfoque desse grupo de igrejas não recaía somente sobre a pregação do batismo com o Espírito Santo e o falar em línguas espirituais (glossolalia), que marcou o pentecostalismo clássico. A ênfase era dada à cura divina e aos milagres. As denominações mais conhecidas do pentecostalismo neoclássico são: Igreja do Evangelho Quadrangular (1951); O Brasil para Cristo (1955); Igreja de Nova Vida (1960); Igreja Pentecostal Deus é Amor (1962); Casa da Bênção (1964); Convenção Batista Nacional (1965); Igreja Metodista Wesleyana (1967) e Igreja Presbiteriana Renovada (1975).

Terceira Onda – Neopentecostalismo

Essa vertente surgiu no final da década de 70, tendo grande similaridade com o movimento neopentecostal dos Estados Unidos, de quem, aliás, copiou as principais práticas. Em nosso país, as principais denominações neopentecostais são: Comunidade Evangélica (fundada em 1976, tendo mudado o nome em 1992, passando a chamar-se Comunidade Sara a Nossa Terra); Igreja Universal do Reino de Deus (1977); Igreja Internacional da Graça de Deus (1980) e Igreja Renascer em Cristo (1986).  


O CRESCIMENTO DA IGREJA SOB O FERVOR PENTECOSTAL


Qualidade versus quantidade

Que o fervor pentecostal impulsiona o crescimento da Igreja não há dúvida. Foi justamente para isso que o Senhor no-lo deu (At 1.8). Contudo, crescimento exige cuidado e dedicação (At 15.36; 16.4,5). Infelizmente, nem sempre o crescimento quantitativo vem acompanhado do qualitativo, fazendo com que as igrejas sejam grandes sem serem fortes e sadias espiritualmente. Tal se dá por falta de ensinamento bíblico e maturidade espiritual. Querer imitar práticas pentecostais sem o devido ensino da Palavra ou a integralidade do evangelho, significa tornar-se aberto a todo o tipo de inovação mística desprovida de fundamentação bíblica.
O evangelho completo
A mensagem pregada pelos missionários de que Jesus Cristo salva, cura, liberta, batiza com o Espírito Santo e em breve voltará, continua sendo atualíssima. Os desvios e abusos que têm surgido ao longo de um século de existência não têm afetado a consistência doutrinária da Igreja de Cristo, especialmente, a Assembleia de Deus. Nosso credo não sofreu rupturas nem modificações. Continuamos crendo no batismo com o Espírito Santo com a evidência do falar em línguas, nos dons espirituais, na cura divina e continuamos pregando a volta de Cristo e o arrebatamento da Igreja antes da Grande Tribulação (1 Ts 4.14-18). O evangelho, longe de ser um meio de recebimento de bênçãos materiais, é o poder de Deus para a salvação, a maior bênção que existe (Rm 1.16).
O verdadeiro mover pentecostal
Mais do que nunca precisamos de um avivamento genuíno, que prime pela ortodoxia bíblica, pela sã doutrina. Em tempos pós-modernos, temos visto algumas práticas que são nocivas para as igrejas pentecostais. Precisamos estar atentos e orar ao Senhor. O que temos visto em nosso tempo? A igreja na atualidade parece estar convivendo com a sonolência (Ef 5.14), insensibilidade espiritual para discernir doutrinas contrárias a fé cristã (1 Tm 1.3,4,6); o secularismo (Rm 12.2); o pragmatismo, o comodismo e a indiferença. O que fazer? Orar e clamar ao Todo-Poderoso pedindo: “aviva, ó Senhor, a tua obra no meio dos anos [...] (Hc 3.2).
Precisamos conhecer a história do pentecostalismo para que possamos clamar ao Senhor um autêntico avivamento venha sobre a nossa nação.  Não podemos deixar que o comodismo e a indiferença venham tomar conta dos nossos corações. Precisamos de um renovo vindo do Senhor. Vamos orar e clamar para que o Todo-Poderoso venha avivar a igreja no Brasil. 
FONTE:CPAD

quinta-feira, 19 de maio de 2011

LIÇÃO 8 - O GENUÍNO CULTO PENTECOSTAL - 2º TRIMESTRE/2011


O GENUÍNO CULTO PENTECOSTAL. Subsídio para Lição Bíblica da CPAD - 2º Trimestre/2011

O culto é uma das mais belas e antigas formas do homem expressar sua devoção, gratidão e adoração a Deus.

A Bíblia é o maior manual litúrgico em circulação. É nela que encontramos a principal fundamentação para a prática do culto cristão. A falta de conhecimento desta fundamentação, aliada ao descaso ou desinteresse quanto ao desenvolvimento histórico do culto, tem conduzido cristãos e igrejas a se privarem de todas as bênçãos e privilégios deste tão solene ato, como, também, ao desvio da simplicidade, verdade e espiritualidade, que sempre marcaram esta prática cristã. Em muitos lugares, a formalidade, a desordem e a irreverência, têm transformado o culto num mero encontro de pessoas, quando deveria, antes, ser um encontro de pessoas com Deus.

O CONCEITO DE CULTO CRISTÃO

Conceituar "culto cristão" será o primeiro passo em direção ao presente estudo. Vários pesquisadores, estudiosos e teólogos já propuseram as suas definições. Observemos algumas delas: “[...] é o encontro da comunidade com Deus” (KIRT, 1993, p. 12 apud FREDERICO, 2005, p. 20)

A definição acima implica que Deus é quem convida o seu povo a se reunir em dia, horário e local determinado. Dessa forma, Frederico (idem) declara que “se é Ele quem convida, temos certeza de que Ele não faltará a este encontro: ‘onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estarei (Mt 18.20)’”.

Por conseguinte, ainda segundo a autora, o culto não é:Continue aprendendo...Blog Pr Altair Germano

BISPO EDIR MACEDO PUBLICA TEXTO CONTRA KIT GAY DO MEC:"NOSSOS FILHOS NÃO VÃO VIRAR GAYS"


Bispo Edir Macedo publica texto contra kit gay do MEC:”Nossos filhos não vão virar gays”

O líder da Universal diz que esse material fará as crianças se tornarem homossexuais
Bispo Edir Macedo publica texto contra kit gay do MEC:”Nossos filhos não vão virar gays”
O Bispo Edir Macedo resolveu usar seu blog para divulgar um texto escrito por um obreiro anônimo que fala sobre o projeto do Ministério da Educação que levará às escolas públicas de ensino médio um material didático com vídeos e cartilhas que explicam o homossexualismo.
A visão compartilhada pelo fundador da Igreja Universal do Reino de Deus é parecida com a de muitos parlamentares que desaprovaram o projeto, para eles esse material não busca combater o preconceito e sim ensinar as crianças a serem homossexuais.
“O que deveria servir para combater a discriminação vira propaganda explícita do homossexualismo”, escreveu o ator do texto que classifica essa iniciativa como um absurdo que agride aos pais e a fé cristã.
Leia o texto na íntegra:
Nossos filhos não vão virar gays!
Imagine esta cena: Seu filho chega à escola para mais um dia de aprendizado, e, em plena sala de aula, a professora inicia uma nova lição que é debater um vídeo em que duas meninas lésbicas falam sobre como é bom ser homossexual. E mais: nos livros didáticos, a professora lê, com seu filho, histórias com famílias gays, histórias de homens e mulheres bissexuais, transexuais e travestis.
Acredite: é isto que pretendem fazer nas escolas públicas do Brasil, no segundo semestre deste ano. O Ministério da Educação quer distribuir vídeos e livros como esses em 6 mil escolas do País.
O absurdo é tão desmedido que fere a lógica. Agride qualquer pai. Agride nossa fé.
O que deveria servir para combater a discriminação vira propaganda explícita do homossexualismo.
Não tenho preconceito, pois eu mesmo já atendi a vários homossexuais na Igreja. Oramos por eles, aconselhamos e os auxiliamos com o mesmo zelo espiritual dedicado a qualquer outro sofrido que atravessa as portas dos Cenáculos do Espírito Santo.
A Palavra de Deus e a IURD nos ensinam que devemos aceitar o homossexual, mas nunca, jamais, o homossexualismo!
Meus filhos não vão virar gays! É meu, SOMENTE MEU, o direito de não desejar um filho gay! A Constituição me garante isto. Temos o direito de almejar para os nossos filhos o que entendemos como o melhor para o futuro deles. E, sob a luz da nossa fé, o caminho da felicidade passa pela construção de uma família com marido e esposa, isto é: homem e mulher.
Que o Espírito Santo toque em nossas autoridades, para que acabem com esta aberração. E que nosso grito de protesto chegue aos homens de Brasília.
Obreiro anônimo
Fonte: Gospel Prime

terça-feira, 17 de maio de 2011

PORQUE A PL 122/2006 É INCONSTITUCIONAL


Porque o PL 122/2006 é inconstitucional


Antes de fazer qualquer comentário, é importante frisar que uma coisa é criticar conduta, outra é discriminar pessoas. No Brasil, pode-se criticar o Presidente da República, o Judiciário, o Legislativo, os católicos, os evangélicos, mas, se criticamos a prática homossexual, logo somos rotulados de homofóbicos. Na verdade, o PL-122 é contra o artigo 5º da Constituição, porque o projeto de lei quer criminalizar a opinião, bem como a liberdade religiosa.

Vejamos alguns artigos deste PL:


Artigo 1º: Serão punidos na forma desta lei os crimes resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião, procedência nacional, gênero, sexo, orientação sexual, identidade de gêneros.

Comentário: Eles tentam se escorar na questão de raça e religião para se beneficiar. O perigo do artigo 1º é a livre orientação sexual. Esta é a primeira porta para a pedofilia. É bom ressaltar que o homossexualismo é comportamental, ninguém nasce homossexual; este é um comportamento como tantos outros do ser humano.

Artigo 4º: Praticar o empregador, ou seu preposto, atos de dispensa direta ou indireta. Pena: reclusão de 2 a 5 anos.

Comentário: Não serão os pais que vão determinar a educação dos filhos — porque se os pais descobrirem que a babá dos seus filhos é homossexual, e eles não quiserem que seus filhos sejam orientados por um homossexual, poderão ir para a cadeia.

Artigo 8º-A: Impedir ou restringir a expressão e a manifestação de afetividade em locais públicos ou privados abertos ao público, em virtude das características previstas no artigo 1º desta lei. Pena: reclusão de dois a cinco anos.

Comentário: Isto significa dizer que se um pastor, ou padre, ou diretor de escola — que por questões de princípios — não queira que no pátio da igreja, ou escola haja manifestações de afetividade, irão para a cadeia.

Artigo 8º-B: Proibir a livre expressão e manifestação de afetividade do cidadão homossexual, bissexual ou transgênero, sendo estas expressões e manifestações permitidas aos demais cidadãos ou cidadãs. Pena: reclusão de dois a cinco anos.

Comentário: O princípio do comentário é o mesmo que o do anterior, com um agravante: a preferência agora é dos homossexuais; nós, míseros heterossexuais, podemos também ter direito à livre expressão, depois que é garantida aos homossexuais. O parágrafo do artigo que vamos comentar a seguir "constituiu efeito de condenação".

Artigo 16º, parágrafo 5ª: O disposto neste artigo envolve a prática de qualquer tipo de ação violenta, constrangedora, intimidatória ou vexatória, de ordem moral, ética, filosófica ou psicológica.

Comentário: Aqui está o ápice do absurdo: o que é ação constrangedora, intimidatória, de ordem moral, ética, filosófica e psicológica? Com este parágrafo a Bíblia vira um livro homofóbico, pois qualquer homossexual poderá reivindicar que se sente constrangido, intimidado pelos capítulos da Bíblia que condenam a prática homossexual. É a ditadura da minoria querendo colocar a mordaça na maioria. O Brasil é formado por 90% de cristãos. Não queremos impedir ou cercear ninguém que tenha a prática homossexual, mas não pode haver lei que impeça a liberdade de expressão e religiosa que são garantidas no Artigo 5º da Constituição brasileira. Para qualquer violência que se cometa contra o homossexual está prevista, em lei, reparação a ele; bem como assim está para os heterossexuais. A PL-122 não tem nada a ver com a defesa do homossexual, mas, sim, quer criminalizar os contrários à prática homossexual — e fazem isso escorados na questão do racismo e da religião.


Fonte: Associação Vitória em Cristo                                          VIA:UBE
__________ 

Este conteúdo está autorizado para cópias desde que haja citação de fonte de origem, a Associação Vitória em Cristo. 

sexta-feira, 13 de maio de 2011

LIÇÃO 7 - OS DONS DE PODER - 2º TRIMESTRE/2011


OS DONS DE PODER (1). Subsídio para Lição Bíblica da CPAD - 2º Trimestre/2011

"[...]a outro, no mesmo Espírito, a fé; e a outro, no mesmo Espírito, dons de curar; a outro, operações de milagres; [...]. (1 Co 12.9, 10a, ARA)

Os dons de poder envolve a fé (gr. pistis), os dons de curar (gr. charismata iamaton) e as operações de milagres ou maravilhas (gr. evergemata dunameon).

Assim como trabalhamos com os dons de revelação ou saber, apresentaremos várias perspectivas de estudiosos e da literatura pentecostal.

O Dom da fé 

Não se trata da fé para salvação, mas de uma fé sobrenatural especial, comunicada pelo Espírito Santo, capacitando o crente a crer em Deus para a realização de coisas extraordinárias e milagrosas. É a fé que remove montanhas (1 Co 13.2) e que frequentemente opera em conjunto com outras manifestações do Espírito, tais como as curas e os milagres [...]. (Bíblia de Estudo Pentecostal, 1995, p. 1756)

Partindo dos pensadores e estudiosos pentecostais, nossa exposição considerará o fator cronológico da publicação de suas obras.

Gee (1985, p. 47-48), entende ser significativo que a fé se encontre em primeiro lugar nesse grupo, pois é o dom básico de todos os outros dons de poder. O dom da fé não deve ser confundido com a fé comum, citada em Hebreus 11.6, e sem a qual é impossível agradar a Deus. Embora a fé comum é também uma dádiva de Deus (Ef 2.8). O dom da fé, conforme Gee, parece que se manifesta sobre alguns servos de Deus, em tempos de crise ou oportunidades extraordinárias. É um magnífico dom, que está presente entre os mais simples servos de Deus. Continue Aprendendo...Blog do Pr Altair Germano

quarta-feira, 11 de maio de 2011

CULTO DE CRIANÇA - HOMENAGEM AS MÃES NA ASSEMBLÉIA DE DEUS NOVA NATAL II - SETOR XXXVI

                    Aconteceu no ultimo dia 8 de maio culto de Criança em comemoração ao Dia das Mães na Assembléia de Deus, congregração Nova Natal II, Setor XXXVI igreja Pastoreada pelo Pb Cicero floriano.

                          Pastor Floriano, Luciene e Adelicia
                                       Jogral infantil

                                  Peça "Mãe esquecida"


                       Pastor Floriano à cima e sua familia               
                          Irmã Neuma e sua filha Alexsandra
                             Luciene, agradecimentos
                    O pastor Cícero floriano após fazer abertura do trabalho e devocional passou  a direção a coordenadora local do Depin  Irmã Luciene Freitas e a vice-coordenadora local irmã Adelicia, foi um culto em graditão a Deus pelas vidas das mães realizado pelas Crianças, que apresentaram jogral e um peça com o titulo "Mãe esquecida" na oportunidade cada mãe das crianças do conjunto infantil Estrela de Davi recebeu um porta-retrato com uma foto-moldura e demais um cd em comemoração a data, foram presenteadas a mãe mais idosa, mãe que tem mais filhos e a esposa do pastor, irmã Neuma.
                    No final foi apresentado em data-show um slide apresentando cada mãe e seus filhos e musicada com os hinos "Nossa mãe" de Marcos Antonio e "Obrigado mãezinha" de Luiz de carvalho, em seguida a irmã Luciene fez os agradecimentos e o pastor Floriano trouxe uma palavra as mães citando o exemplo de Maria como mãe, após o apelo, feito pelo o mesmo, duas pessoas se reconciliaram e uma aceitou Jesus como Salvador. foi uma noite emocionante e de muitas bençãos. A Deus toda Honra, Glória e Louvor.