sábado, 9 de julho de 2011

SILAS MALAFAIA COMENTA O PEDIDO DE MILITANTES GAYS PARA CASSAR SEU REGISTRO DE PSICÓLOGO


O pastor diz que isso é um ato de intolerância dos homossexuais, pois essas acusações são ridículas
Silas Malafaia comenta o pedido de militantes gays para cassar seu registro de psicólogo
pastor Silas Malafaia se manifestou sobre a nova tentativa dos ativistas gays de cassar seu registro de psicólogo junto ao Conselho de Regional de Psicologia do Rio de Janeiro. O pedido foi feito há duas semanas acusando o pastor da Assembleia de Deus Vitória em Cristo de cometer práticas homofóbicas.
Silas Malafaia questiona que tipo de relação o Conselho de Psicologia tem com o seu programa televisivo, o Vitória em Cristo, onde ele responde como pastor e não como psicólogo. O líder da Assembleia de Deus Vitória em Cristo também chama atenção para a intolerância religiosa praticada por esses militantes.
“Eles tentaram por três vezes cassar o meu registro de psicólogo, não deu em nada, foi tudo arquivado,” diz o pastor que ainda explica o motivo desses processos terem sido arquivados. “É ridículo, os caras falam que eu como pastor na televisão tive procedimentos homofóbicos, mas eu não estou na televisão falando como psicólogo.”
Malafaia também lembra que o Supremo Tribunal Federal (STF) quando julgou a marcha da maconha reconheceu que a liberdade de expressão faz parte do Estado Democrático. “Quer dizer que eu não posso ir para televisão falar contra a prática dos homossexuais?” Questiona o líder da Advec.
Ele também usa o espaço para dizer aos pastores que prefere não se manifestar sobre o homossexualismo que denunciar a prática não significa que ele odeia os homossexuais.
“Eu amo os homossexuais, mas não amo as práticas dos homossexuais. É só pra vocês verem que é perseguição pura, eles querem colocar uma mordaça na sociedade e querem ficar livres para falar e fazer o que quiserem”, disse Malafaia que relembra o grupo de homossexuais que na Parada Gay ridicularizou símbolos católicos.
“Sou livre para criticar,” encerra o pastor que diz não temer a nada.
Assista ao vídeo:
Fonte: Gospel Prime