sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

LIÇÃO 6 - A IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA NA IGREJA - 1º Trimestre/2011

SEXTA-FEIRA, 4 DE FEVEREIRO DE 2011

A IMPORTÂNCIA DA DISCIPLINA NA IGREJA. Subsídio para Lição Bíblica - 1º Trimestre/2011


Lição 6 - 1º Trimestre de 2011
Texto Bíblico
: Atos 5.1-11
Texto Áureo: Hb12.11

O termo disciplina se origina do latim “disciplina”, que significa “ensino”, “educação”. Essa palavra se relaciona com “discípulo” (gr. mathetes).
Champlin (2001, p. 178) apresenta alguns usos específicos para o termo:
a. A manutenção de certas normas e requisitos por parte de seguidores de grupos e ideologias específicas;
b. Aponta para qualquer sistema ascético e de mortificação do corpo;
c. Está relacionado com a idéia de açoite, principalmente no contexto da vida monástica;
d. Trata dos métodos mediante os quais um modo de vida é posto em execução, bem como as penas aplicadas aos que erram;
e. O treinamento sistemático que prepara uma pessoa para alguma tarefa específica;
f. Aponta para uma matéria específica na educação formal.
Shedd (2002, p. 13-35), identifica os seguintes termos para “disciplina” no Novo Testamento:
a. Ensino (didaskalia), conforme Mt 28.20;
b. Exortação (paraklesis), conforme 1 Tm 4.13;
c. Educação (paideia), conforme Hb 12.4-11;
d. Admoestação (nouthesia), conforme 1 Co 4.14;
e. Repreensão e Convicção (elegxis; elegchos; elegmos; “expor à luz”, “convencer”, “punir”), conforme Jo 16.8;
f. Correção (orthos, “reto”; epannothosin “correção”, etc.), conforme 2 Tm 3.15-17 e Ef 4.12.
Muito esclarecedora é a abordagem de Barcley (2000, p. 119-120), no estudo sobre o termo katartizeim. Um dos seus significados no grego clássico é "ajustar, pôr em ordem, restaurar". Aplicada à disciplina cristã, fica evidente que a mesma nunca visa um mero castigo retribuidor, uma vingança contra o malfeitor. A disciplina visa "emendar" e "consertar" um indivíduo que sofreu danos e ferimentos com o seu erro.
A disciplina visa "equipá-lo" para melhor enfrentar as tentações e para enfrentar a luta e as exigências da vida. [...] Assim, ao estudarmos esta palavra, vemos que a disciplina cristã nunca é vingativa, nem retributiva, nem sádica. Sempre é construtiva. É aplicada sempre e somente com a intenção de ajudar o homem que errou a fazer o melhor."(Idem)Continue aprendendo...